Páginas

terça-feira, 13 de junho de 2017

Lavra pelo S. João, terás palha e grão.

Tomás Machado (6.º B 2016-17)

Tomás Machado (6.º B 2016-17)

Se o agricultor lavrar a terra pelo S. João (24 de junho)  a terra vai produzir melhores plantas que darão fruto (grão) e palha.
Tomás Machado (6.º B 2016-17) 

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Os bons espíritos encontram-se sempre.

Angélica Coelho (6.º A 2016-17)

Este  provérbio quer dizer que encontramos sempre alguém que nos quer bem.
Angélica Coelho (6.º A 2016-17)

quinta-feira, 8 de junho de 2017

A erva, maio a dá, maio a leva.

Melina Mourão (6.º D 2016-17)

No mês de maio, se chover a erva cresce, se fizer sol a erva morre.
Ana Faria (6.º D 2016-17)

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Até ao lavar dos cestos é vindima.

Dima Dimitrova (6.º C 2016-17)

Dima Dimitrova (6.º C 2016-17)

Este provérbio significa que a vindima só termina quando se lavam os cestos.
Dima Dimitrova (6.º C 2016-17)

As verdades são amargas.

Joana Rodrigues (6.º A 2016-17)

Joana Rodrigues (6.º A 2016-17)

Muitas vezes a verdade não é fácil de aceitar, por isso, não nos devemos enganar, acreditando em mentiras.
Joana Rodrigues (6.º A 2016-17)



A castanha é de quem a apanha.

Tonia Dimitrova (6.º C 2016-17)

Tonia Dimitrova (6.º C 2016-17)

A oportunidade é para quem a aproveita.
Tonia Dimitrova (6.º C 2016-17)

Saúde é riqueza a valer.

Diana Rafael (6.º D 2016-17)

Diana Rafael (6.º D 2016-17)

A saúde é o bem mais precioso.
Diana Rafael (6.º D 2016-17)

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Todas as moedas têm duas faces.

Joana Martins (6.º A 2016-17)

Na vida há sempre dois lados em tudo. Um lado positivo e outro negativo.
Joana Martins (6.º A 2016-17)

Provérbios equivalentes em:

Inglês
Every Coin Has Two Sides.


Às vezes, corre mais o demo que a lebre.

Dinis Nunes (6.º D 2016-17)

A lebre é um animal rápido, mas o diabo ainda é mais rápido a pregar-ns partidas. 
Dinis Nunes (6.º D 2016-17)

sábado, 3 de junho de 2017

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Não se caçam lebres tocando tambor.

Tiago Marques (6.º A 2016-17)

Quando se vai para a caça não se faz barulho para não assustar as lebres.
Tiago Marques (6.º A 2016-17)

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Ninguém fica para semente.

Lara Guerreiro (6.º C 2016-17)

Lara Guerreiro (6.º C 2016-17)

Ninguém vive para sempre, todos irão um dia morrer.
Diogo Crisóstemo (6.º D 2016-17)

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Não há bem que sempre dure, nem mal que perdure.

Daniel Aguiar (6.º D 2016-17)

As coisas boas e a más têm um fim.
Daniel Aguiar (6.º D 2016-17)

Quem faz mal, por mal espere.

Diogo Oliveira (6.º B 2016-17)

A brincar as pessoas vão dizendo aquilo que tinham dificuldade de dizer se falassem a sério.
Diogo Oliveira (6.º B 2016-17)


O diabo está atrás da porta

Kateryna Boiko (6.º D 2016-17)

Kateryna Boiko (6.º D 2016-17)

As situações que nos podem causar problemas estão sempre à espreita.
Kateryna Boiko (6.º D 2016-17)

sexta-feira, 26 de maio de 2017

De onde não se espera salta um coelho.

Rafael Mira (6.º D 2016-17)

De onde não se está à espera aparece uma surpresa,
Rafael Mira (6.º D 2016-17)

Das aves, boa é a perdiz, mas melhor a codorniz.

Diana Rafael (6.º D 2016-17)

A perdiz e a codorniz são duas boas aves de caça, mas a codorniz é melhor.
Diana Rafael (6.º D 2016-17)

quinta-feira, 25 de maio de 2017

sexta-feira, 19 de maio de 2017